este curso não está recebendo agendamentos no momento

disponível online

escritas de vida

Lucas van Hombeeck [4 encontros]

  • Encerrado
  • 300 Reais brasileiros
  • online

programa

escritas de vida: alguns experimentos Esta é uma oficina para ler e fazer escritas de si como lugares de invenção: partindo de um passado – vivido ou experimentado, singular ou compartilhado – vamos escrever com uma história e também contra ela. Começaremos de onde outres escritores pararam: fabulando perfis biográficos de personagens sobre as quais não sabemos quase nada; narrando encontros com animais que colocam a separação entre bicho e gente na berlinda; descrevendo a relação com os parentes e com a própria dieta entre a cidade e a aldeia. Nesse espaço, vamos ver o que acontece quando o método de fabulação crítica de Saidiya Hartman encontra as Barbies apocalípticas de Denise Duhamel na Juiz de Fora fantasmagórica de Murilo Mendes. Vamos fazer máscara, inventar e interpretar vida, uns com os outros e cada um do seu jeito. Lucas van Hombeeck é poeta, sociólogo e oficineiro, editor-assistente do Blog da BVPS (Fiocruz). Mestre e doutorando em Sociologia pela UFRJ, é pesquisador do projeto "MinasMundo: o cosmopolitismo na cultura brasileira" (UFRJ/Unicamp/UFMG/Princeton/UFRRJ) e curador da coluna “Interpretações do Brasil e poéticas” (Blog da BVPS). Autor de "Poema sujo, intérprete do Brasil" (no prelo, 2022); dos livros de poesia “Pará ocidental” (7letras, 2019) e "Nuvens [na seção de congelados]" (7letras, 2018); e co-autor do "Almanaque Rebolado" (Várias editoras, 2016).