este curso não está recebendo agendamentos no momento

disponível online

a moda e a morte

Marcelo Reis de Mello [4 encontros]

  • Encerrado
  • 300 Reais brasileiros
  • online

programa

a moda e a morte: oficina de leitura e escrita Nesta oficina, os participantes serão convidados pensar e a escrever a partir de relações entre a Moda e a Morte. E juntos iremos ler importantes textos sobre o tema. “Irmã Moda, Irmã Morte”, escreve Arturo Carrera, remetendo-nos ao Dialogo della Moda e della Morte, de Giacomo Leopardi. Também seremos apresentados à modista “Madame Lamort”, de Rainer Maria Rilke, e conheceremos a revista de Moda editada por Stéphane Mallarmé, La Dernière Mode. No Brasil, o aprofundamento dessa relação durante o Modernismo, com Tarsila e Oswald, por exemplo, mas também com Drummond: “A moda é passageira, como as pessoas, mas ressuscita, e elas não.” Na poesia contemporânea, algumas ressonâncias do tema em poetas como Anne Carson, Ana C. e Ana Martins Marques. Iremos escrever nossos textos em diálogo com a tradição, entendendo a própria língua como código vestimentário: joias, bibelôs, tules, paetês, maquiagens e trajes de gala: palavras extravagantes, pontuações excessivas, figuras de linguagem. Alguém dirá: “Mas a Moda é viva!” Claro. Assim como são vivas as palavras da Moda. Entretanto, como escreveu Walter Benjamin, “do ponto de vista da morte, a vida é o processo de produção do cadáver” e, sendo assim, “a moda nunca foi outra coisa senão a paródia do cadáver colorido.” A oficina contará ainda com a participação especial de Carolina Casarin em um dos encontros. Ela é mestre em letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e doutora em artes visuais pela mesma instituição. Autora de O guarda-roupa modernista: O casal Tarsila e Oswald e a moda, lançado em 2022 pela Companhia das Letras, Casarin é também professora de história do vestuário e da moda. Marcelo Reis de Mello (Curitiba, 1984 / Rio de Janeiro) é poeta, professor e crítico. Doutor em literatura comparada pela Universidade Federal Fluminense, é o coordenador da área de literatura da Coart UERJ. Publicou, entre outros, José mergulha para sempre na piscina azul (Editora Garupa, 2020, finalista do prêmio Jabuti).