esse serviço não está mais disponível. entre em contato conosco.

disponível online

o poema fabrica um país

Gabriel Bustilho [4 encontros]

  • Encerrado
  • 300 Reais brasileiros
  • online

vagas disponíveis


programa

o poema fabrica um país: entre poeta e aprendiz de feiticeiro Nesta oficina vamos tentar, através do poema, fabricar um Brasil. Mas como isso é possível? No final da década de 30, Georges Bataille escreve O aprendiz de feiticeiro, livro em que, reconhecendo a força da ascensão da mitologia nazista, propõe contra ela uma resposta também mitológica: através de uma atitude de “aprendiz de feiticeiro”, formular um mito que combatesse o nazista. Nossa proposta, então, é, através da atitude de “aprendiz de feiticeiro”, tentar construir mitologicamente um novo país. Para isso, vamos escrever poemas convocando Herberto Helder e Zeca Pagodinho, Ricardo Aleixo e André Breton, Marcela Cantuária e André Vargas Santos, o samba da Mangueira de 2019 e Marina Lima cantando “Você me abre seus braços/ E a gente faz um país”. Gabriel Bustilho nasceu no Rio de Janeiro, em setembro de 1997. Hoje é poeta e pesquisador. Faz parte, como mestrando, do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Literatura/UFRJ, onde estuda a história do surrealismo. Além disso, integra o Núcleo Edição, do Programa Avançado de Cultura Contemporânea (PACC/UFRJ). Pela Editora Urutau, em 2020, publicou seu livro de estreia, no dia após, que foi semifinalista do Prêmio Oceanos 2021.